Turma H do 11º Ano do Ensino Secundário do Curso Tecnológico de Multimédia - 2007/2008 - Escola Secundária de Caneças - Odivelas - Portugal

Quinta-feira, 15 de Maio de 2008
Projecto de terapias alternativas

Projecto Inter-Turmas entre os Cursos Tecnológico de Multimédia e Profissional de Técnico de Apoio à Infância

 


Delfinoterapia

 

 Os golfinhos orientam-se emitindo ultra-sons, ruídos muito agudos que nós não conseguimos ouvir. Comunicam uns com os outros através de uma linguagem sofisticada de estalitos e outros sons e cada um tem uma voz única.

Mas este mamífero está ameaçado , por isso a ONU e outros organismos juntaram-se e decidiram fazer de 2007 o ano do golfinho.

Há 32 espécies de golfinhos.

O golfinho fêmea dá à luz após 16 meses de gestação. Quando chega a altura do parto , a mamã isola-se do grupo acompanhada de uma fêmea mais idosa que assiste ao parto.

O homem tira partido da sua inteligência , até nas actividades militares. No finais dos anos 50 do sec. XX os EUA e a Rússia mobilizaram exércitos de golfinhos para procurarem minas submarinas e detectarem homem-rãs inimigos.

Nos EUA há crianças com Síndrome de Down ou Autismo que brincam com golfinhos e melhoram. Também em Espanha há centros especializados na delfinoterapia.

Hipoterapia

 

 A Equitação, hoje em dia, é considerada um divertido e estimulante desafio!! Desafio esse motivado pela relação que se cria entre o cavaleiro e o cavalo e pelas gratificações pessoais e sociais que caracterizam o meio onde é desenvolvida esta actividade desportiva e/ou de lazer. Se a este quadro aplicarmos conceitos, técnicas e objectivos terapêuticos, facilmente transpomos a Equitação da sua área desportiva clássica para a área da reabilitação colhendo importantes contributos terapêuticos a nível motor, cognitivo, social e emocional!

A Equitação com fim Terapêuticos torna-se assim uma intervenção dinâmica, num ambiente estimulante e descontraído!

Destina-se a todos os indivíduos portadores de necessidades especiais, seja qual for a sua idade, desde que não apresentem nenhuma contra-indicação à prática da equitação.


E tem como principais Benefícios a melhoria na mobilidade articular, no equilíbrio e na coordenação; Normalização do tónus muscular; Aumento da tonificação muscular; Aumento da auto-confiança através do desenvolvimento da auto-estima; Melhorias na aprendizagem, concentração e orientação espacial; Motivação para definir e atingir objectivos.

 

Ludoterapia

 

 A Hiperactividade Infantil, associada ou não á desordem por déficit de atenção, pode ser um foco de instabilidade familiar, para além de provocar em muitos casos uma marginalização da própria criança.
Assustados por terem em casa um pequeno "monstrinho", muitos pais não procuram ajuda profissional por temerem represálias sociais por vezes graves, como por exemplo a não aceitação da criança no infantário/creche, ou noutra qualquer instituição de caracter lúdico ou desportivo.
Muitas crianças chegam assim ao pré-escolar ou ensino básico sem qualquer parecer ou relatório de avaliação psicológica, o que ao invés de facilitar, só complica no que diz respeito á sua integração.
Educadores e professores, desconhecendo em profundidade os motivos de determinados distúrbios comportamentais (que muitas vezes se manifestam pelo não cumprimento de regras simples) temem que a estabilidade dos demais seja afectada, pelo que tendem a impôr á criança uma disciplina que ela simplesmente não consegue interiorizar.
È pois importante que os pais, alertados por sinais detectáveis em fases mais precoces, procurem conselho psicoterapeutico ou psicológico, evitando um desajustamento social que irá perturbar o normal crescimento da criança.
Se por vezes a medicação é o recurso mais plausível para controlar a hiperactividade (sendo a ritalina a substância actualmente mais usada),é aceite por diversos estudiosos que esta se torna mais eficaz, quando usada em conjunto com terapias comportamentais. Além disso, não estão suficientemente documentados os efeitos a longo prazo, da administração de tais substâncias, sendo certo que muitos jovens a quem foi dada medicação na infância, apresentam quadros clínicos de estados depressivos, mais ou menos prolongados.
As terapias comportamentais, como a ludoterapia, não têm efeitos secundários, reforçam os sentimentos de contrôle e auto-estima e contribuem para uma melhoria significativa no que diz respeito ao nível de conhecimentos e sucesso escolar.

 

Risoterapia

 

 

O objectivo duma sessão de riso é atingir a PAZ mundial e tomar consciência dos nossos actos.

Em termos de humanidade tratamos também de melhorar as relações entre os seres humanos.

Este método baseia-se no riso-yôga por tanto fazemos exercícios de respiração ligados ao riso passando do riso falso ao riso verdadeiro, sem nunca o forçar e passamos assim do sistema simpático ao sistema parasimpático.

A sessão divide-se em varias partes. Rimos sem motivos.

A primeira parte o facilitador de riso fala com as pessoas que vão participar na sessão e explica em que vai consistir. Explica também os benefícios que aporta em termos de saúde.

Na segunda parte realizamos um ice-breaking com alongamentos e respirações, a partir de aí começamos com os exercícios de riso por ex. o riso do cumprimento (explicar em que consiste). E falamos de como é importante rir em interacção e manter o contacto visual entre as pessoas do grupo.

Passamos á terceira parte onde sentamos as pessoas em círculo para começar a descontrair e fazemos mais dois exercícios sentados mantendo o contacto visual.

Na última parte todo o grupo se deita e rimos. Depois voltamos á posição sentados para meditar em quanto pensamos na paz, amor, compaixão, perdão ,amizade......

Acabamos a sessão falando um pouco de como nos sentimos e de como nos sentíamos antes de começar. 

PENSAMENTO LIGADO AO RISO: - RISO FALSO – RISO VERDADEIRO – GARGALHADA – RESPIRAÇÃO – PENSAMENTO POSITIVO – PAZ – SORRIR.
TREINAR O RISO -» LAUGHTER TRAINNING:

PRACTICAR GARGALHADA EM CASA. COMEÇAR COM PASSOS PEQUENOS E UM DIA DE CADA VEZ. IMITAMOS RISO E DEPOIS VAMOS CONQUISTANDO. PRACTICAR TODOS OS DIAS. VOCALIZAMOS EMOÇÕES ATRAVÉS DO RISO.

RIR DE NÓS PRÓPIOS – RIR COM OS OUTROS:

AUMENTAMOS A QUALIDADE DE VIDA INTERIOR E EXTERIOR PARA NÓS E PARA OS OUTROS.

Benefícios de uma Sessão de Riso

PROPORCIONA RELAX FISICO E MENTAL.
DINÂMICA E FAMILIARIZAÇÃO COM GRUPO.

PASSAMOS DE SISTEMA SIMPÁTICO A PARASIMPÁTICO. MAIS ZEN.

SEGUIMOS AS NOSSAS EMOÇÕES E TRANSFORMAMO-NOS.

OXIGENAMOS O CORPO ATRAVÉS DA GARGALHADA.

RIR POR NADA. INCLUIR O RISO EM TODAS AS NOSSAS ACTIVIDADES.

AS SESSÕES FAVORECEM A RELAÇÃO ENTRE SERES HUMANOS.

ELIMINA BARREIRAS ENTRE FAMILIARES E AMIGOS. 

LIMPA PULMÕES PORQUE ELIMINA DIOXIDO DE CARBONO.

FACILITA DIGESTÃO.

AS HORMONAS DO STRESS BAIXAM.

MÉTODO RECOMENDADO POR CARDIOLOGISTAS.

ATRAVÉS DO RISO PODEMOS PROCURAR UMA MAIOR REALIZAÇÃO PROFISSIONAL E PESSOAL.


TRANSMITIR BOA ENERGIA.

 

Meninos de Rua

 

 

 

 

 

 



publicado por ctmultimedia às 09:39
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Projecto de terapias alte...

links
arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

pesquisar
 
tags

todas as tags